Vip Notícias
Notícia publicada em 12/04/2018 - 07:11:53

PM deflagra operação em Rondônia para combater criminalidade

 

A Operação Saturação de Segurança Pública – OSSP foi lançada nesta quarta feira, 11 de abril, em Porto Velho - RO, no Quartel do Comando Geral, na Avenida Tiradentes, 3360, às 16 horas. De açodo com o comandante geral da PM coronel Ronaldo Flores, é uma atividade de Polícia Ostensiva direcionada e singular, que visa o combate específico do tráfico de drogas, e dos crimes contra o patrimônio, em especial o roubo e o furto, entre eles os de veículos, delitos estes que despontam como os de maior incidência no Estado.
 
De acordo com o coronel PM Ronaldo, Comandante Geral da Polícia Militar, esta medida tem por objetivo desarticular o crime e aumentar o combate a criminalidade, prendendo os marginais e oferecendo para a comunidade a paz social.

 

O Estado de Rondônia, como é sabido, figura no cenário nacional como porta de entrada de ilícitos, como drogas e armas, que abastecem o mercado interno e até mesmo o de outros países na Europa e Ásia.

 

Duas fronteiras

 

O Estado pode ser dividido em duas fronteiras, a fronteira norte, que vai da confluência do Rio Cautário até o final da Ponta do Abunã, perfazendo 642 km e a fronteira sul que compreende o restante do Estado, indo da confluência do Rio Cautário até a foz do Rio Cabixi com o Rio Guaporé completando os 1342 km de fronteira com a Bolívia, em sua totalidade por via fluvial.

 

O Município de Porto Velho é a maior capital do país em extensão territorial, possui mais de 34 mil km quadrados, sendo maior em extensão que os Estados de Sergipe e de Alagoas, também é a única capital do país que faz fronteira com um país estrangeiro.

 

Concentra a capital de 50 a 80 % dos crimes ocorridos no Estado, e por isso se faz necessário uma medida de austeridade, assim como na região do eixo da BR 425, que é um grande corredor de mercadorias ilícitas.

 

Plano

 

O plano é saturar pontualmente os locais estratégicos robustecendo a estrutura de resposta ao crime, prendendo criminosos e inviabilizando o mercado de delitos.

 

Na capital, na noite da quarta-feira, dia 12 de abril de 2018, será desencadeado a operação OSSP, lançando mão de todas as Guarnições de Força Tática do 1º e do 5º BPM, do PATAMO e do Choque, das Motocicletas da Operação Cavalo de Aço, das Guarnições da Companhia de Transito (que deverão ter o foco mais voltado ao crime do que as ações de polícia de trânsito) e das Guarnições do BPA – Batalhão de Polícia Ambiental, que deverão atuar com vistas a criminalidade, mormente marginais ocupando motocicletas, bicicletas e demais veículos.

 

Fronteira

 

Na área do 6º BPM será desencadeada no mesmo horário uma ação com duas Guarnições da UNESFRON de Guajará-Mirim e duas Guarnições da 3ª Companhia em Nova Mamoré, fecharão um circulo de 24 horas ininterruptas na BR 425, com patrulhamento e barreiras visando drogas, armas e veículos produtos de furto e roubo que por ali tomam passagem para a Bolívia.

 
Porto Velho

 
Em Porto Velho operação deverá ter seu início às 18 horas. O comandante geral que participará da Operação, disse que também os Comandantes de Unidades, Coordenador Regional de Policiamento I deverão atuar pessoalmente, “sendo tudo fiscalizado por este Comandante Geral que dará o start e acompanhará as ações in loco”.

 

TCO

 

Nos dias 13 e 14 de abril ocorrerá na capital, durante o dia, a ação prática dos Alunos a Soldado PM sobre o TCO – Termo Circunstanciado de Ocorrência outra ferramenta de inigualável importância para a corporação e que será de toda valorizada, sendo necessário a definição de metas e objetivos muito claros que devem de todo modo ser alcançados.

 

 O TCO é um caminho sem volta para a Polícia Militar, não se trata de um momento, tão pouco de uma forma de atuar, mas de uma necessidade institucional que deverá ser alcançada em sua plenitude, explicou o coronel PM Ronaldo, acrescentando que na operação OSSP tanto as guarnições envolvidas diretamente na ação, como as guarnições do serviço regular, deverão confeccionar o TCO em todos os casos que couber, cabendo aos comandantes sanar quaisquer dúvidas ou dificuldades que se apresentem, finalizou.

 


 

Matéria: Rondoniaovivo

 

 

Publicidade

 

Comente pelo Facebook

 

 

 

 

 

 

© Copyright 2013 - Todos direitos reservados a Vipnoticias.com.br

A notícia em tempo real