Vip Notícias
Notícia publicada em 08/09/2017 - 06:49:07

Briga entre usuárias de entorpecentes termina com mulher esfaqueada em Ariquemes

 

Por volta de 13 horas desta quinta feira (07), a Central de Operações da Polícia Militar recebeu a informação de que na Travessa Bem Te Vi, Esquina com a Travessa Papagaios no Setor 02 em Ariquemes - RO, local mais conhecido popularmente como Rebojo, teria ocorrido uma tentativa de homicídio.

 

De imediato uma guarnição se deslocou ao endereço indicado, onde pode constatar a veracidade dos fatos, encontrando uma mulher caída ao solo apresentando ferimento provocado por arma branca tipo faca. De imediato, fora acionada uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), a qual rapidamente se deslocou ao local com a Unidade de Suporte Avançado (USA), que prestou o atendimento de primeiros socorros à vítima ainda no local. Segundo Dra. Pâmela, a vítima apresentava duas perfurações por arma branca, uma na região de tórax esquerdo e outra no abdômen, aparentemente superficiais, contudo, comentou que a gravidade das lesões somente poderiam ser aferidas posteriormente a realização de exames complementares.

 

A mulher foi encaminhada ao pronto socorro do Hospital Regional para receber atendimento médico especializado. No local, a PM levantou através de populares que ali estavam, que as duas mulheres, vítima e infratora, estariam no local, quando em dado momento, iniciou uma discussão sobre pertences e posse de entorpecente, momento em que a infratora se apossou de uma faca de mesa tipo de serras e desferiu dois golpes na vítima, que caiu ao solo e ali ficou até a chegada do socorro.

 

A infratora, vendo a vítima ao solo agonizando, se evadiu do local sentido Travessa Urupá tomando rumo ignorado, descartando a arma do crime próximo à vítima. Diligências foram realizadas pelas proximidades, contudo a infratora não foi localizada. Após avaliação do médico plantonista do Pronto Socorro do Hospital Regional, confirmou-se a gravidade das lesões e a possibilidade de transferência para a Unidade Avançada de Atendimento em Saúde da Capital não foi descartada.

 

A arma do crime foi recolhida e apresentada na UNISP. Foi registrado o Boletim de Ocorrência Policial sob n° 151136/2017  na 2° Delegacia de Polícia Civil, especializada em Repressão aos Crimes Contra a Vida, a qual já investiga o caso.

 

 


 

Matéria: Ariquemes190

 

 

Publicidade

 

Comente pelo Facebook

 

 

 

 

 

 

© Copyright 2013 - Todos direitos reservados a Vipnoticias.com.br

A notícia em tempo real